Galeria Nacional de Arte Antiga de Roma

Museus e Galerias
Um dos pontos turísticos mais visitados de Roma é a Galeria Nacional de Arte Antiga. As mais ricas coleções de arte são coletadas aqui. A galeria ocupa o Palazzo Barberini, localizado na praça de mesmo nome, e o Palazzo Corsini, que fica na margem oposta do rio Tibre, que atravessa Roma.
Aqui poderá conhecer as obras de Filippo Lippi, representante da pintura italiana do século XV, bem como as obras de Rafael, Tintoretto, Ticiano, Bronzino, Andrea del Sarto e outros artistas italianos famosos e desconhecido.

História da ocorrência

Palácio Barberini, onde se encontra parte da Galeria, foi construída no início do século XVII (17). Mais precisamente, foi reconstruída a partir do Palácio, comprado por Barberini ao Duque de Sforza.
Em 1930, o prédio do Palácio Barberini passou para o estado, que inaugurou a Galeria Nacional em seu segundo andar.

O segundo palácio, onde fica a Galeria, é o palácio de Corsini... Foi construída no século XV e pertenceu ao Cardeal Riario. O edifício foi reconstruído no século XVIII. A exposição aqui apresentada também é chamada de Galeria Corsini de outra forma. O próprio palácio foi construído no início do século XIV (15).

A coleção da Galeria Nacional de Arte Antiga foi baseada em muitas obras de artistas, que consistiam em coleções particulares. Eles foram reunidos pelo Cardeal Nero Corsini. Com eles decorou o palácio, que comprou no início do século XVIII, com o seu nome. Os descendentes de Corsini, os príncipes Andrea e Tommaso, doaram o palácio Corsini ao estado, junto com a coleção de arte que o adorna.

O ano oficial da formação da Galeria Nacional de Antiguidades é 1895, altura em que reuniu as colecções recolhidas nos dois Palácios.

Arquitetura e interiores

O Palácio Barberini é uma criação do arquiteto Carlo Maderno e seu sobrinho Francesco Borromini, bem como do grande escultor e pintor italiano Giovanni Lorenzo Bernini.

É interessante ler:  Panteão de Roma

É feito no estilo barroco. A exposição do primeiro andar consiste em uma grande coleção de pinturas dos séculos 13-14, cujos autores são Ticiano, El Greco e outros.

O teto e as paredes do Grande Salão do Palácio Barberini, onde se encontra parte da exposição da Galeria Nacional de Arte Antiga, foram pintados por Pietro da Cortona. Aqui é mostrada sua obra intitulada "Alegoria da Divina Providência", feita no início do século XVII.

Nesta parte da Galeria, é possível ver a escadaria "coclear", criada por Borromini, bem como uma parte do mosaico palestino, cuja idade é datada, por alguns estudiosos, do século I aC.
O Palácio Corsini é feito em estilo neoclássico. Está decorado com balaustradas e pilastras, bem como esculturas e uma grande escadaria, obra do arquitecto Ferdinando Fuga.

Informação prática

A Galeria Nacional de Arte Antiga pode ser visitada diariamente das 08h30 às 19h30. Segunda-feira é considerada dia de folga.

Endereço: Via delle Quattro Fontane, 13, 00186 Roma, Itália.

Pode chegar aqui pelos autocarros n.º 36, n.º 38, n.º 40, n.º 90, n.º 105 e outros, bem como pelas linhas de metro "A" e "B".

Atrações próximas

Não muito longe do Palácio Barberini, que abriga parte da Galeria Nacional de Arte Antiga, há outra Galeria Nacional. Ele contém objetos de arte antiga. Foi descoberto por Carlo Maderno no início do século XVII.

Na mesma área está a Igreja de San Carlo Alle Quattro Fontane, que é um impressionante monumento arquitetônico.

Fonte
INFO-MANIAC
Adicionar um comentário